A VINDA DO SENHOR

A VINDA DO SENHOR

A vinda do senhor na bíblia divide-se em três acontecimentos diferente um do outro.

Cada uma de sua vinda tem objetivos diferentes, como por exemplo:

Na primeira vinda o Senhor Jesus Cristo veio para salvar os pecadores.

1 Timóteo 1:15  Fiel é a palavra e digna de toda aceitação: que Cristo Jesus veio ao mundo para salvar os pecadores, dos quais eu sou o principal.

Mateus 1:21  Ela dará à luz um filho e lhe porás o nome de Jesus, porque ele salvará o seu povo dos pecados deles.

Na segunda vinda o Senhor Jesus Cristo vem para buscar os que foram salvos dos seus

pecados, confiando na sua morte e ressurreição.

Filipenses 3: 20,21 Pois a nossa pátria está nos céus, de onde também aguardamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo, o qual transformará o nosso corpo de humilhação, para ser igual ao corpo da sua glória, segundo a eficácia do poder que ele tem de até subordinar a si todas as coisas.

Na terceira vinda, o Senhor Jesus Cristo vem para resolver o pecado do seu povo Israel que o rejeitaram crucificando-o na cruz.

Romanos 11: 26,27 E, assim, todo o Israel será salvo, como está escrito: Virá de Sião o Libertador e ele apartará de Jacó as impiedades.

Esta é a minha aliança com eles, quando eu tirar os seus pecados.

Porque Deus tem interesse em manifestar ao homem?

O desejo de Deus é que o ser humano vivesse em perfeita harmonia com seu criador, obedecendo e glorificando-o

Isaias 43: 7 A todos os que são chamados pelo meu nome, e os que criei para minha glória, e que formei, e fiz.

Isaías 45: 12 Eu fiz a terra e criei nela o homem; as minhas mãos estenderam os céus, e a todos os seus exércitos dei as minhas ordens.

Embora o homem afastou-se de Deus por desobedecer a uma ordem que está registrada em Gênesis 1: 16,17 E o SENHOR Deus lhe deu esta ordem: De toda árvore do jardim comerás livremente, mas da árvore do conhecimento do bem e do mal não comerás; porque, no dia em que dela comeres, certamente morrerás.

Veio depois a sentença do juízo de Deus pela desobediência como diz em

Gênesis 3: 17-19  E a Adão disse: Visto que atendeste a voz de tua mulher e comeste da árvore que eu te ordenara não comesses, maldita é a terra por tua causa; em fadigas obterás dela o sustento durante os dias de tua vida.

Ela produzirá também cardos e abrolhos, e tu comerás a erva do campo.

No suor do rosto comerás o teu pão, até que tornes à terra, pois dela foste formado; porque tu és pó e ao pó tornarás.

Depois deste acontecimento o homem perdeu o caráter de santidade e comunhão com Deus, por isso Deus o lançou fora do Jardim do édem perdendo o direito de estar na presença do Senhor.

E assim a desobediência passou de geração em geração e chegou até nós.

Deus continuou em sua santidade e perfeição, e o ser humano foi se corrompendo cada vez mais, a bíblia diz em Gênesis 6: 5-7 Viu o SENHOR que a maldade do homem se havia multiplicado na terra e que era continuamente mau todo desígnio do seu coração; então, se arrependeu o SENHOR de ter feito o homem na terra, e isso lhe pesou no coração.

Salmo 14:1-3 Diz o insensato no seu coração: Não há Deus. Corrompem-se e praticam abominação; já não há quem faça o bem.

Do céu olha o SENHOR para os filhos dos homens, para ver se há quem entenda, se há quem busque a Deus.

Todos se extraviaram e juntamente se corromperam; não há quem faça o bem, não há nem um sequer.

Deus olhando do céu viu a situação do ser humano, totalmente perdido, longe Dele

andando nos seus próprios caminhos, como ovelhas que não tem pastor.

Deus no seu infinito amor teve misericórdia, que significa (um sentimento doloroso pela miséria nossa) por isso Deus agiu em graça, que significa (favor imerecido)

não merecemos nada da parte de Deus, não somos dignos de nada, merecíamos a condenação eterna, mas Deus nos amou e quis nos salvar.

Em João 3: 16-18 diz: Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.

Porquanto Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que julgasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele.

Quem nele crê não é julgado; o que não crê já está julgado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus.

Esta é a primeira vinda do Senhor Jesus Cristo, que veio para buscar e salvar o ser humano que está perdido.

Esta vinda está relacionada desde o seu nascimento, até a sua morte e ressurreição.

Por meio da morte e ressurreição de Cristo nós temos entrada na presença de Deus.

Hebreus 10: 19-23  Tendo, pois, irmãos, intrepidez para entrar no Santo dos Santos, pelo sangue de Jesus, pelo novo e vivo caminho que ele nos consagrou pelo véu, isto é, pela sua carne,

e tendo grande sacerdote sobre a casa de Deus, aproximemo-nos, com sincero coração, em plena certeza de fé, tendo o coração purificado de má consciência e lavado o corpo com água pura.

Guardemos firme a confissão da esperança, sem vacilar, pois quem fez a promessa é fiel.

De forma que esta esperança que temos não é por méritos nossos, ou alguma coisa que praticamos, mas pelos méritos de Cristo que se entregou voluntariamente na cruz, tomando nosso lugar e levando sobre si os nossos pecados.

Todo aquele que crê no Senhor Jesus Cristo é nascido de cima, tem a vida eterna, não entra em juízo ou condenação, portanto é uma pessoa salva e vai morar com Cristo.

João 14: 1,2,3 Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim.

Na casa de meu Pai há muitas moradas. Se assim não fora, eu vo-lo teria dito.

Pois vou preparar-vos lugar.

E, quando eu for e vos preparar lugar, voltarei e vos receberei para mim mesmo, para que, onde eu estou, estejais vós também.

Por isso que o salvo tem esperança na volta de Cristo, pois estar com Ele é muito melhor, seremos livres do pecado para sempre.

Esta é segunda vinda de Cristo, vem para buscar aqueles que comprou com seu próprio sangue.

Como será esta vinda? O apóstolo Paulo escrevendo aos tessalonicenses ele explica como há de acontecer, porque estavam preocupados com os crentes que já tinham morrido, achando que não encontrariam mais, Paulo disse que não ficassem entristecidos como os demais que não tem esperança, pois se cremos que Jesus morreu e ressuscitou, Deus trará em sua companhia os que morreram com sua fé em Cristo.

1 Tes. 4: 14-17 Pois, se cremos que Jesus morreu e ressuscitou, assim também Deus, mediante Jesus, trará, em sua companhia, os que dormem.

Ora, ainda vos declaramos, por palavra do Senhor, isto: nós, os vivos, os que ficarmos até à vinda do Senhor, de modo algum precederemos os que dormem.

Porquanto o Senhor mesmo, dada a sua palavra de ordem, ouvida a voz do arcanjo, e ressoada a trombeta de Deus, descerá dos céus, e os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro; depois, nós, os vivos, os que ficarmos, seremos arrebatados juntamente com eles, entre nuvens, para o encontro do Senhor nos ares, e, assim, estaremos para sempre com o Senhor.

Notemos a frase o Senhor mesmo; é o mesmo que veio e morreu por nós, ressuscitando ao terceiro dia, e voltando para céu.

O Senhor Jesus Cristo descerá dos céus e virá até as nuvens, o Senhor não descerá até a terra, mas até as nuvens e ali fará a transformação dos corpos tanto dos que morreram como dos vivos, todos serão transformados para o encontro do Senhor nos ares.

1 Cor. 15: 51-54 Eis que vos digo um mistério: nem todos dormiremos, mas transformados seremos todos, num momento, num abrir e fechar de olhos, ao ressoar da última trombeta. A trombeta soará, os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados.

Porque é necessário que este corpo corruptível se revista da incorruptibilidade, e que o corpo mortal se revista da imortalidade.

E, quando este corpo corruptível se revestir de incorruptibilidade, e o que é mortal se revestir de imortalidade, então, se cumprirá a palavra que está escrita: Tragada foi a morte pela vitória.

Nesta vinda do Senhor nenhum olho verá, o mundo não perceberá este acontecimento glorioso, mas somente os salvos participaram e subirão para estar com o Senhor para todo o sempre.

Neste dia e os demais, o mundo passará por momentos difíceis, muitos desastres vão ocorrer por causa dos salvos que foram tirados dos seus trabalhos e levados para o Senhor, muitos estarão à procura de seus familiares e não encontrarão mais.

O marido procurando sua esposa, o filho procurando seu pai, a mãe procurando sua filha, mas é tarde demais para aqueles que não quiseram dar ouvido ao evangelho, que é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê.

Depois destes dias o mundo irá receber o anticristo que aparecerá como sendo o verdadeiro cristo, e enganará a muitos por um período de sete anos. Haverá um trio satânico agindo, a besta de apocalipse treze que será um ditador político, o falso profeta que será um líder religioso, e satanás que dará o poder para a besta e o falso profeta.

Ap.13: 2,4 A besta que vi era semelhante a leopardo, com pés como de urso e boca como de leão. E deu-lhe o dragão o seu poder, o seu trono e grande autoridade.

e adoraram o dragão porque deu a sua autoridade à besta; também adoraram a besta, dizendo: Quem é semelhante à besta? Quem pode pelejar contra ela?

Satanás será adorado como sempre desejou, embora por pouco tempo.

Ap. 14: 9,10 Seguiu-se a estes outro anjo, o terceiro, dizendo, em grande voz: Se alguém adora a besta e a sua imagem e recebe a sua marca na fronte ou sobre a mão,

também esse beberá do vinho da cólera de Deus, preparado, sem mistura, do cálice da sua ira, e será atormentado com fogo e enxofre, diante dos santos anjos e na presença do Cordeiro.

Ap.13: 16,17 O povo não poderão comprar ou negociar se não tiver o número da besta.

A todos, os pequenos e os grandes, os ricos e os pobres, os livres e os escravos, faz que lhes seja dada certa marca sobre a mão direita ou sobre a fronte,

para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tem a marca, o nome da besta ou o número do seu nome.

Este período será muito difícil de viver, é um período de sete anos, governado pelo anticristo, no começo terá uma paz aparente por ele fazer uma aliança com o povo de Israel, mas no meio dos sete anos, isto é, três anos e meio, ele se assentará no templo dos judeus como sendo o próprio Deus, profanando assim o templo, como fala

Daniel 9: 27

Ele fará firme aliança com muitos, por uma semana; na metade da semana, fará cessar o sacrifício e a oferta de manjares; sobre a asa das abominações virá o assolador, até que a destruição, que está determinada, se derrame sobre ele.

Daniel fala de semana, que é transformada em anos, cada dia um ano, pois este é um período específico para o julgamento de Israel pela rejeição de Jesus Cristo como o messias prometido, conforme João 1: 10,11 O Verbo estava no mundo, o mundo foi feito por intermédio dele, mas o mundo não o conheceu.

Veio para o que era seu, e os seus não o receberam.

Na metade dos sete anos, que é três anos e meio o anticristo quebra a aliança com os Judeus; faz cessar os sacrifícios e exige que eles o adorem, por este motivo os Judeus reconhecem que ele não é o Messias.

Nestes três anos e meio que resta começará o período que a Bíblia chama, a grande tribulação, conforme Mateus 24: 21-24 Porque nesse tempo haverá grande tribulação, como desde o princípio do mundo até agora não tem havido e nem haverá jamais.

Não tivessem aqueles dias sido abreviados, ninguém seria salvo; mas, por causa dos escolhidos, tais dias serão abreviados.

Então, se alguém vos disser: Eis aqui o Cristo! Ou: Ei-lo ali! Não acrediteis; porque surgirão falsos cristos e falsos profetas operando grandes sinais e prodígios para enganar, se possível, os próprios eleitos.

Deus trará sobre o trono da besta toda sua ira, e também sobre aqueles que o adorarem. Ap.14: 6-8 Vi outro anjo voando pelo meio do céu, tendo um evangelho eterno para pregar aos que se assentam sobre a terra, e a cada nação, e tribo, e língua, e povo,

dizendo, em grande voz: Temei a Deus e dai-lhe glória, pois é chegada a hora do seu juízo; e adorai aquele que fez o céu, e a terra, e o mar, e as fontes das águas.

Ap.14: 9-11 Seguiu-se a estes outro anjo, o terceiro, dizendo, em grande voz: Se alguém adora a besta e a sua imagem e recebe a sua marca na fronte ou sobre a mão,também esse beberá do vinho da cólera de Deus, preparado, sem mistura, do cálice da sua ira, e será atormentado com fogo e enxofre, diante dos santos anjos e na presença do Cordeiro.

A fumaça do seu tormento sobe pelos séculos dos séculos, e não têm descanso algum, nem de dia nem de noite, os adoradores da besta e da sua imagem e quem quer que receba a marca do seu nome.

Nesta época todas as nações se voltarão contra a nação de Israel. Mat. 24: 9 Então, sereis atribulados, e vos matarão. Sereis odiados de todas as nações, por causa do meu nome.

Daniel 13: 44,45 e 14:1 Mas, pelos rumores do Oriente e do Norte, será perturbado e sairá com grande furor, para destruir e exterminar a muitos.

Armará as suas tendas palacianas entre os mares contra o glorioso monte santo; mas chegará ao seu fim, e não haverá quem o socorra.

Nesse tempo, se levantará Miguel, o grande príncipe, o defensor dos filhos do teu povo, e haverá tempo de angústia, qual nunca houve, desde que houve nação até àquele tempo; mas, naquele tempo, será salvo o teu povo, todo aquele que for achado inscrito no livro.

Quando Israel estiver quase perdendo a batalha, é quando ocorrerá a terceira vinda do Senhor Jesus Cristo, vindo em grande poder e glória, para vencer os inimigos de Israel.

Esta vinda será visível, onde todo olho o verá e se lamentará.

Ap. 1: 7 Eis que vem com as nuvens, e todo olho o verá, até quantos o traspassaram. Todas as tribos da terra se lamentarão sobre ele. Certamente. Amém!

Mat. 24: 29,30 Logo em seguida à tribulação daqueles dias, o sol escurecerá, a lua não dará a sua claridade, as estrelas cairão do firmamento, e os poderes dos céus serão abalados.

Então, aparecerá no céu o sinal do Filho do Homem; todos os povos da terra se lamentarão e verão o Filho do Homem vindo sobre as nuvens do céu, com poder e muita glória.

Neste dia se cumprirá a profecia de Zacarias 14: 3,4 Então, sairá o SENHOR e pelejará contra essas nações, como pelejou no dia da batalha.

Naquele dia, estarão os seus pés sobre o monte das Oliveiras, que está defronte de Jerusalém para o oriente; o monte das Oliveiras será fendido pelo meio, para o oriente e para o ocidente, e haverá um vale muito grande; metade do monte se apartará para o norte, e a outra metade, para o sul.

Apocalipse 19: 11-16  Vi o céu aberto, e eis um cavalo branco. O seu cavaleiro se chama Fiel e Verdadeiro e julga e peleja com justiça.

Os seus olhos são chama de fogo; na sua cabeça, há muitos diademas; tem um nome escrito que ninguém conhece, senão ele mesmo.

Está vestido com um manto tinto de sangue, e o seu nome se chama o Verbo de Deus;

e seguiam-no os exércitos que há no céu, montando cavalos brancos, com vestiduras de linho finíssimo, branco e puro.

Sai da sua boca uma espada afiada, para com ela ferir as nações; e ele mesmo as regerá com cetro de ferro e, pessoalmente, pisa o lagar do vinho do furor da ira do Deus Todo-Poderoso.

Tem no seu manto e na sua coxa um nome inscrito: REI DOS REIS E SENHOR DOS SENHORES.

Nesta batalha o Senhor será o vencedor, da besta, do falso profeta e de Satanás.

Ap. 19: 19 a 21: 1,2  E vi a besta e os reis da terra, com os seus exércitos, congregados para pelejarem contra aquele que estava montado no cavalo e contra o seu exército.

Mas a besta foi aprisionada, e com ela o falso profeta que, com os sinais feitos diante dela, seduziu aqueles que receberam a marca da besta e eram os adoradores da sua imagem. Os dois foram lançados vivos dentro do lago de fogo que arde com enxofre.

Os restantes foram mortos com a espada que saía da boca daquele que estava montado no cavalo. E todas as aves se fartaram das suas carnes.

Então, vi descer do céu um anjo; tinha na mão a chave do abismo e uma grande corrente.

Ele segurou o dragão, a antiga serpente, que é o diabo, Satanás, e o prendeu por mil anos…

Depois destes acontecimentos o Senhor se assentará no trono da sua glória para realizar os julgamentos das nações.

Mat. 25: 31-34 Quando vier o Filho do Homem na sua majestade e todos os anjos com ele, então, se assentará no trono da sua glória;

e todas as nações serão reunidas em sua presença, e ele separará uns dos outros, como o pastor separa dos cabritos as ovelhas; e porá as ovelhas à sua direita, mas os cabritos, à esquerda; então, dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai! Entrai na posse do reino que vos está preparado desde a fundação do mundo.

Quanto a Israel o Senhor os ajuntará para tratar do seu pecado, cumprindo assim as profecias relacionada ao seu povo.

Ezequiel 36: 2228  Dize, portanto, à casa de Israel: Assim diz o SENHOR Deus: Não é por amor de vós que eu faço isto, ó casa de Israel, mas pelo meu santo nome, que profanastes entre as nações para onde fostes.

Vindicarei a santidade do meu grande nome, que foi profanado entre as nações, o qual profanastes no meio delas; as nações saberão que eu sou o SENHOR, diz o SENHOR Deus, quando eu vindicar a minha santidade perante elas.

Tomar-vos-ei de entre as nações, e vos congregarei de todos os países, e vos trarei para a vossa terra.

Então, aspergirei água pura sobre vós, e ficareis purificados; de todas as vossas imundícias e de todos os vossos ídolos vos purificarei.

Dar-vos-ei coração novo e porei dentro de vós espírito novo; tirarei de vós o coração de pedra e vos darei coração de carne.

Porei dentro de vós o meu Espírito e farei que andeis nos meus estatutos, guardeis os meus juízos e os observeis.

Habitareis na terra que eu dei a vossos pais; vós sereis o meu povo, e eu serei o vosso Deus.

Mateus 24: 31 Também fala deste acontecimento. E ele enviará os seus anjos, com grande clangor de trombeta, os quais reunirão os seus escolhidos, dos quatro ventos, de uma a outra extremidade dos céus.

Mateus 13: 41-43 Mandará o Filho do Homem os seus anjos, que ajuntarão do seu reino todos os escândalos e os que praticam a iniqüidade e os lançarão na fornalha acesa; ali haverá choro e ranger de dentes.

Então, os justos resplandecerão como o sol, no reino de seu Pai. Quem tem ouvidos para ouvir, ouça.

Depois destes julgamentos o Senhor estabelecerá o seu reino de justiça em Jerusalém,

ficará pouca gente sobre a terra para começar o reino de Cristo, que se chama o milênio, mas, os que ficarem serão justificados par entrarem no reino.

Isaías 13: 11,12 Castigarei o mundo por causa da sua maldade e os perversos, por causa da sua iniqüidade; farei cessar a arrogância dos atrevidos e abaterei a soberba dos violentos.

Farei que os homens sejam mais escassos do que o ouro puro, mais raros do que o ouro de Ofir.

Será um reino glorioso e de paz.

Zacarias 14: 8,9  Naquele dia, também sucederá que correrão de Jerusalém águas vivas, metade delas para o mar oriental, e a outra metade, até ao mar ocidental; no verão e no inverno, sucederá isto.

O SENHOR será Rei sobre toda a terra; naquele dia, um só será o SENHOR, e um só será o seu nome.

Zacarias  8: 20-23  Assim diz o SENHOR dos Exércitos: Ainda sucederá que virão povos e habitantes de muitas cidades;

e os habitantes de uma cidade irão à outra, dizendo: Vamos depressa suplicar o favor do SENHOR e buscar ao SENHOR dos Exércitos; eu também irei.

Virão muitos povos e poderosas nações buscar em Jerusalém ao SENHOR dos Exércitos e suplicar o favor do SENHOR.

Assim diz o SENHOR dos Exércitos: Naquele dia, sucederá que pegarão dez homens, de todas as línguas das nações, pegarão, sim, na orla da veste de um judeu e lhe dirão: Iremos convosco, porque temos ouvido que Deus está convosco.

Isaías 65: 25 O lobo e o cordeiro pastarão juntos, e o leão comerá palha como o boi; pó será a comida da serpente. Não se fará mal nem dano algum em todo o meu santo monte, diz o SENHOR.

Apocalipse 11: 15-17 O sétimo anjo tocou a trombeta, e houve no céu grandes vozes, dizendo: O reino do mundo se tornou de nosso Senhor e do seu Cristo, e ele reinará pelos séculos dos séculos.

E os vinte e quatro anciãos que se encontram sentados no seu trono, diante de Deus, prostraram-se sobre o seu rosto e adoraram a Deus, dizendo: Graças te damos, Senhor Deus, Todo-Poderoso, que és e que eras, porque assumiste o teu grande poder e passaste a reinar.

Ao Deus Pai e nosso Senhor Jesus Cristo sejam todo poder honra e glórias pelos séculos dos séculos amem.

Antonio Trinck Sobrinho

 

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *